Revista WAY – Anzol na água!

outubro 13 2016

Você é daqueles que não abre mão de alguns momentos de paz no meio de toda a correria do dia a dia? Gosta de momentos contemplativos, sozinho ou ao lado de boas companhias? Então a pesca esportiva pode ser uma boa opção para você!

Pra quem não está familiarizado, a pesca esportiva, chamada por muitos de “pesque e solte”, é aquela que é feita por prazer, sem fins comerciais. O desafio está em ir atrás do maior peixe, do mais pesado, do mais raro – e depois devolvê-lo ao seu habitat. Ok, vale fazer pose e registrar no Instagram antes de retornar o peixe para a água.

01

A dica para quem é iniciante é procurar por lagos, represas ou trapiches que estejam próximos e sejam frequentados por pescadores mais experientes. Em uma simples troca de ideias é possível obter informações a respeito dos peixes do local das melhores iscas e das técnicas mais apropriadas.

Os horários mais indicados são no início da manhã e no final da tarde. No entanto, independente da hora e do local eleitos, para fisgar boa parte das espécies é preciso ter silêncio e, ainda, praticar a paciência. Sim, você pode passar longos minutos sem sequer uma fisgadinha. Acontece e faz parte.

02

Vale lembrar que o pescador também é responsável pelo ambiente ao seu redor. Portanto, nada de deixar lixo no local da sua pesca – ou mesmo dentro da água. Antes de ir embora, confira se você deixou o local da mesma forma que encontrou.

Dizem que stress é o nome dado ao período entre uma pescaria e outra. Partiu jogar o anzol na água?

Tags:, , , , ,