Sustentabilidade | Produzimos nosso próprio adubo

novembro 29 2011

A história de hoje quem nos conta é o Francisco Chagas, nosso fiel jardineiro. Já falamos sobre ele aqui. O Chico, como é conhecido por todos, explica como aconteceu a primeira produção de adubo orgânico, que hoje é utilizado para “alimentar” o vasto jardim da Freeway, sapatos masculinos de Franca-SP.

“A história começou sem querer”, revela Chico. Ele conta que juntou gramas e folhas e reservou em um espaço. Ele esqueceu o pequeno monte de folhas e quase um ano depois percebeu que essas folhas haviam virado adubo. “Fui mostrar para o Janio Machado, diretor presidente da empresa, que me pediu para procurar informações na Internet. “Eu fui procurar e achei coisas interessantes para que isso se tornasse parte de um processo, do nosso processo para produzir nosso próprio adubo”.

O Chico passou o material da pesquisa para o Janio e a partir daí começou não só o início da produção do adubo, mas de outros projetos que tratariam da questão ambiental da empresa.

O processo de produção de adubo

Folha, galho, grama, resto de alimento. O Chico junta tudo o que é gerado na própria empresa e coloca em um local apropriado ou em um caixote (de 1 x 1,5). “De 15 em 15 dias viro todo o material. O processo dura de 90 a 120 dias. Hoje, todo o nosso jardim usa o adubo gerado deste processo”, explica.

Tags:, ,